Menu
Redes Sociais

História do Mestre Hilbernon

 

Hilbernon Pacifico de Oliveira Netto

Hilbernon, nascido em 9 de outubro de 1946, começou a treinar Luta Livre Americana (antigo Vale-tudo) e Luta Livre Esportiva na academia Kodokan de Niterói em meados da década de 1960, dirigida pelo Orlando Barradas, discípulo do Tatu, mestre em Luta Livre, Judo e Jiu-jitsu, re-introdutor da Luta Livre Olímpica no Brasil.

A academia Kodokan foi inaugurada no ano de 1958 pelos conhecidos mestres Katayama e Nagashima que além de Judo e Jiu-jutsu eram também mestres em Luta Livre.

Barradas assumiu a academia nos anos 60 e colocou seu parceiro e sócio, mestre Adyr Oliveira, o Indio, como dirigente técnico que preparou um time imbatível nas principais competições de vale-tudo, entre eles o então garoto Hilbernon que já fazia lutas em 1967.

Hilbernon junto com o amigo Karateca João Ricardo abrem a Academia Jo-Hil em 1967 com um time eclético, tendo João Ricardo responsável pelas turmas de Striking como Karate e Capoeira e Hilbernon pela turma de Luta Livre do qual já era profissional.

Durante o período a partir de 1968, começam a preparar times de lutas e levam alguns lutadores para a academia Jo-Hil, como o então instrutor José de Oliveira de Luta Livre da Kodokan, que em 1969 já estava lutando pela Jo-Hil.

Hilbernon foi lutador de Wrestling nos anos 70 e início de 80, foi campeão e vice brasileiro, competindo pelo estado de Goiás, onde nasceu, na cidade de Pires do Rio.

Nos anos 70 participa do início da academia Budokan que se torna um dos dois ramos da Luta Livre Esportiva da linhagem do mestre Tatu , agora com a colaboração do mestre Leitão, que chegou aos dias atuais.  

Hibernon faleceu em 20 de junho de 1994 e deixou um legado importante da Luta Livre, o filho Johil, campeão de Vale-tudo, e a responsabilidade de ter iniciado a tradição Budokan.


por mestre Johil de Oliveira, seu filho.